Menu
X
Imagem

Auxílio tecnológico para decisões clínicas

A tecnologia tem se mostrado cada vez mais uma parceira valiosa para o setor da saúde, o que tem sido evidenciado durante a pandemia. Uma das formas de contribuição é nos sistemas internos de atendimento dos hospitais, visando decisões mais assertivas no tratamento de doentes – sejam casos de covid-19 ou outras doenças. Sistemas integrados, que combinam protocolos, tecnologia, métricas e profissionais qualificados, foi o tema da palestra da Hillrom, em uma das sessões patrocinadas do Conahp.

Carlos Urrea, vice-presidente global de Medical, Affairs & Informatics da Hillrom, falou sobre um dos principais desafios da área assistencial que, independentemente da pandemia, sempre foi relacionado à capacidade de diagnósticos rápidos e assertivos, resultando em bons desfechos clínicos. “Sempre foi assim, esse é um ‘problema’ comum que está relacionado à capacidade do profissional de saúde dar a assistência necessária ao paciente”, disse o executivo, que é especialista em saúde pública e segurança do paciente. “Aumentar a capacidade de verificar e avaliar as condições do paciente rapidamente é uma das coisas que mais ajudam no atendimento clínico, e a covid-19 tem ensinado isso de maneira significativa para os hospitais.”

A solução, segundo Urrea, é adotar sistemas de apoio à decisão, que é uma combinação de processos, protocolos, dados e tecnologia que, além de contribuir diminuindo a carga mental e de trabalho dos médicos, auxilia em tomadas de decisão mais assertivas. “Podemos ganhar muito com sistemas assim, pois ajuda o profissional que está atuando junto ao leito do paciente com dados e informações precisas com relação aos processos clínicos, facilitando a identificação de riscos”, explicou.

 

Fonte: Anahp

Não encontrou nenhuma TAG!
Volte a Página Principal
Encontre-nos
Webmail

© Copyright 2019 Sindessero. Todos os Direitos Reservados.